Postagens

Mostrando postagens de janeiro, 2022

Postagem em destaque

A incrível velocidade do Go

Imagem
Um dos motivos que gosto do Go (a linguagem de programação, não o jogo), é que ele é extremamente rápido. E não estou falando de utilizar goroutines pois aí é covardia. Estamos migrando um sistema de Coldfusion para Go e PHP e uma das rotinas insere um registro no banco de dados no início e outra no fim do processo. Pense como se fosse um log, mas um log específico para essa rotina. Dessa forma: 2023-05-18 17:45:03. 687     ... [processaImagem] Incorporando imagem 2023-05-18 17:45:03. 688     ... [processaImagem] Imagem incorporada Entre o inicio e o final do processamento levou 1ms. Até aí, tudo bem, se não fosse o fato dessa tabela ter o campo timestamp como parte da chave primária. Se reparar, o tempo é definido em milissegundos. Com o Coldfusion esse processo dura cerca de 20ms. Simplesmente migrando para Go, o tempo caiu muito, para menos de 1ms e assim, começou a dar erro de chave duplicada. A solução? Depende, sempre depende. No nosso contexto, a mais simples foi feita, pois nã

O dia que o Australian Crawl chegou à Balneário Camboriú

Imagem
Já falei um pouco do Australian Crawl aqui . O que não contei é que fui um dos primeiros a ouvir a banda em Balneário Camboriú. Como diz o Lito, do Aviões e Músicas: "Senta que lá vem história" (pequena, mas é uma história).  Estamos falando do início dos anos 80, e naquela época para ouvir alguma música nova, era só através de fitas. E eu dia, na casa de um primo de Florianópolis, ouvi essa banda. Claro que fiz uma cópia. Mas gostei tanto que fui atrás da história de como ela chegou no Brasil: um amigo dele tinha ido à Indonésia e parece que ele conseguiu através de um australiano que estava ou morava lá. Não sei se é verdade ou não, mas é o que me contaram.  Quando voltei para casa, em Balneário Camboriú, passei a ouvir a fita diariamente (e várias vezes ao dia). E não deu outra: alguns amigos ouviram, gostaram, copiaram e daí viralizou. Tinha um amigo que falava: "Xande, tu é o primeiro cara que ouviu Australian aqui!".

Huguinho, surfe e tubarões

Imagem
Certa vez, após voltar da Oktoberfest, Huguinho decidiu surfar para curar a ressaca, pois todos sabem que Coca-Cola não cura ressaca:  Huguinho, Oktober e Coca-Cola.   Só que aquele dia, o mar estava grande e quebrando bem longe da areia.  Talvez não estivesse tão grande... Depois de pegar algumas (boas) ondas, Huguinho vai um pouco mais para outside para descansar um pouco. Não demorou muito e apareceram vários golfinhos em sua volta.  O que era Mas na hora, ainda meio grogue, a centenas de metros da areia, sozinho na imensidão do oceano, ele achou que fossem tubarões.  Até hoje não se sabe de ninguém que saiu tão rápido da água! O que Huguinho achou que era