Postagem em destaque

A incrível velocidade do Go

Imagem
Um dos motivos que gosto do Go (a linguagem de programação, não o jogo), é que ele é extremamente rápido. E não estou falando de utilizar goroutines pois aí é covardia. Estamos migrando um sistema de Coldfusion para Go e PHP e uma das rotinas insere um registro no banco de dados no início e outra no fim do processo. Pense como se fosse um log, mas um log específico para essa rotina. Dessa forma: 2023-05-18 17:45:03. 687     ... [processaImagem] Incorporando imagem 2023-05-18 17:45:03. 688     ... [processaImagem] Imagem incorporada Entre o inicio e o final do processamento levou 1ms. Até aí, tudo bem, se não fosse o fato dessa tabela ter o campo timestamp como parte da chave primária. Se reparar, o tempo é definido em milissegundos. Com o Coldfusion esse processo dura cerca de 20ms. Simplesmente migrando para Go, o tempo caiu muito, para menos de 1ms e assim, começou a dar erro de chave duplicada. A solução? Depende, sempre depende. No nosso contexto, a mais simples foi feita, pois nã

O dia que o Australian Crawl chegou à Balneário Camboriú

Já falei um pouco do Australian Crawl aqui. O que não contei é que fui um dos primeiros a ouvir a banda em Balneário Camboriú. Como diz o Lito, do Aviões e Músicas: "Senta que lá vem história" (pequena, mas é uma história). 

Estamos falando do início dos anos 80, e naquela época para ouvir alguma música nova, era só através de fitas. E eu dia, na casa de um primo de Florianópolis, ouvi essa banda. Claro que fiz uma cópia. Mas gostei tanto que fui atrás da história de como ela chegou no Brasil: um amigo dele tinha ido à Indonésia e parece que ele conseguiu através de um australiano que estava ou morava lá. Não sei se é verdade ou não, mas é o que me contaram. 

Quando voltei para casa, em Balneário Camboriú, passei a ouvir a fita diariamente (e várias vezes ao dia). E não deu outra: alguns amigos ouviram, gostaram, copiaram e daí viralizou.

Tinha um amigo que falava: "Xande, tu é o primeiro cara que ouviu Australian aqui!".





Comentários

  1. Cara, que demais essa publicação. Esse disco é excelente. Vale cada música. Comecei a escutar nos anos 90. E Crawl File foi meu segundo CD (depois do Money For Nothing do Dire Straits). Sorte e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe, naquela época não tínhamos muitas opções de compra. Money For Nothing dei de Natal para meu primo e gostei tanto que fiz uma cópia pra mim. Alguns anos depois, comprei o CD do Crawl File por US$ 25,00, mas não lembro se era muito dinheiro (provavelmente era) naquela época.

      Legal que gostou! Obrigado pelo comentário!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix não mostra ícone de streaming

Google Hacking

FTP não funciona no PHP