Postagens

Mostrando postagens de março, 2018

Postagem em destaque

A incrível velocidade do Go

Imagem
Um dos motivos que gosto do Go (a linguagem de programação, não o jogo), é que ele é extremamente rápido. E não estou falando de utilizar goroutines pois aí é covardia. Estamos migrando um sistema de Coldfusion para Go e PHP e uma das rotinas insere um registro no banco de dados no início e outra no fim do processo. Pense como se fosse um log, mas um log específico para essa rotina. Dessa forma: 2023-05-18 17:45:03. 687     ... [processaImagem] Incorporando imagem 2023-05-18 17:45:03. 688     ... [processaImagem] Imagem incorporada Entre o inicio e o final do processamento levou 1ms. Até aí, tudo bem, se não fosse o fato dessa tabela ter o campo timestamp como parte da chave primária. Se reparar, o tempo é definido em milissegundos. Com o Coldfusion esse processo dura cerca de 20ms. Simplesmente migrando para Go, o tempo caiu muito, para menos de 1ms e assim, começou a dar erro de chave duplicada. A solução? Depende, sempre depende. No nosso contexto, a mais simples foi feita, pois nã

Só quem tem filhos sabe como é

Acabei de ler o (bom) livro de Marcos Piangers,  O Papai é Pop . Em poucas palavras, fala da relação dos pais com os filhos e em ser um pai presente. Enquanto lia, fui lembrando de alguns momentos e algumas situações que ocorreram comigo. Quis escrever justamente para não ser traído pela memória, pois tenho certeza que me arrependeria depois. Certa vez, quando minha filha Rafaela tinha pouco menos de 2 anos, fomos a um Shopping e parei para tomar um café. Junto com o café veio uma água com gás (nunca sei se devemos tomar a água antes ou depois do café). A Rafaela quando viu o copinho de água, não teve dúvidas: passou a mão no copo e levou-o à boca. Quando sentiu que era uma água, digamos, diferente, franziu o nariz e fez uma careta impagável! (Tenho um vídeo dessa cena, e toda vez que assistimos rimos muito).Talvez seja por isso que até hoje ela não tome refrigerante! A Rafaela e eu temos uma brincadeira, desde que ela tinha uns 3 anos. É o seguinte: na época existia uma propagand