Postagem em destaque

A incrível velocidade do Go

Imagem
Um dos motivos que gosto do Go (a linguagem de programação, não o jogo), é que ele é extremamente rápido. E não estou falando de utilizar goroutines pois aí é covardia. Estamos migrando um sistema de Coldfusion para Go e PHP e uma das rotinas insere um registro no banco de dados no início e outra no fim do processo. Pense como se fosse um log, mas um log específico para essa rotina. Dessa forma: 2023-05-18 17:45:03. 687     ... [processaImagem] Incorporando imagem 2023-05-18 17:45:03. 688     ... [processaImagem] Imagem incorporada Entre o inicio e o final do processamento levou 1ms. Até aí, tudo bem, se não fosse o fato dessa tabela ter o campo timestamp como parte da chave primária. Se reparar, o tempo é definido em milissegundos. Com o Coldfusion esse processo dura cerca de 20ms. Simplesmente migrando para Go, o tempo caiu muito, para menos de 1ms e assim, começou a dar erro de chave duplicada. A solução? Depende, sempre depende. No nosso contexto, a mais simples foi feita, pois nã

O que é o Rock in Rio

Tenho visto muitos comentários sobre o Rock in Rio. Que o festival toca pouco rock e muita merda, etc. Bem, isso é verdade. Mas gostaria de lembrar a todos que o Rock in Rio sempre foi assim, desde o primeiro. 

Em 85 o objetivo era fazer um festival de música com atrações nacionais e internacionais. Sabem o por que do nome? Na época, a música da moda era o rock, por tanto, comercialmente falando, o festival só poderia ter a palavra rock no nome.

Porém, as atrações foram variadas sim. Tivemos Alceu Valença, Elba Ramalho, Ivan Lins, entre outras coisas longe do rock. Garanto que se na época tivéssemos Axé, pagode, sertanejo em alta, eles estariam lá...

O objetivo do festival é vender, ser comercializado e o melhor jeito de se obter esse resultado é tentar agradar o maior número de gostos possíveis. Rock in Rio não é um estilo e sim uma marca, uma franquia. Ele se mantem mais no pop do que no rock.

Em 85 tivemos B52s, Gogo's, James Taylor, entre outros que não eram bem rock. O nosso próprio rock nacional tinha poucas bandas de rock. A maioria era new wave, pop.

Claro que doi a gente falar que vai no Rock in Rio para ouvir (credo) Claudia Leite ou Lady Gaga ou qualquer outra coisa ruim desse tipo, mas dentro do objetivo do festival, tudo é válido desde que a comercialização seja garantida.

Por Fabiano Sell Maciel.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix não mostra ícone de streaming

Google Hacking

FTP não funciona no PHP