A síndica

No início de 1989, Huguinho passou no vestibular e foi morar em Florianópolis num condomínio de 160 apartamentos. Assim que se mudou, chamou seus amigos e foram comemorar.

Como Luizinho havia levado um violão e Zezinho as baquetas, foi questão de tempo até começarem a cantar. Talvez no calor da música tenham feito um pouco mais de barulho do que o normal e logo alguém bateu à porta.

Huguinho pediu para ficarem quietos que ele ia abrir a porta. Mas como a segurança está acima de tudo, ele resolveu, antes, checar o olho mágico. Quase não acreditou ao ver uma baita loira do outro lado da porta!

Quando contou para os seus amigos, a agitação foi geral! Era hoje! A sorte finalmente havia batido na porta daqueles jovens mortais!

Depois que o pessoal se acalmou, decidiu finalmente abrir a porta e viu a loira melhor. Era realmente muito bonita e estava toda produzida, com um vestidinho curto e botas de salto alto.
Imagem meramente ilustrativa.
- Oi, boa noite, meu nome é Ana, sou a síndica, e moro aqui em baixo. Estou vendo que vocês estão dando uma festinha e como reclamaram do barulho peço que baixem o volume, ok?

- Claro, tudo que você quiser! Pode deixar, vamos fazer silêncio. Desculpe.

Era muito azar! 160 apartamentos e a síndica tinha que morar logo embaixo!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como aprender a programar

Netflix não mostra ícone de streaming

Google Hacking