Novos tempos, novos problemas: autenticação em dois fatores

Com o passar dos anos, somente o par usuário/senha, mostrou-se não ser mais seguro o suficiente e surgiu a necessidade de se criar uma nova medida de segurança: a autenticação em dois fatores (2FA).

Pode não ser uma solução perfeita, mas tem seus méritos. Tanto, que a cada dia, mais e mais aplicativos e sites utilizam essa técnica.

Agora o importante: quando você for trocar de aparelho celular, desative a autenticação em dois fatores dos sites e aplicativos que a utilizam. Isso porque, ao entrar num desses aplicativos, ele vai "pensar" que você está no aparelho antigo e você não tem a autenticação em dois fatores no novo. Ou seja, você não vai conseguir acessar.

Para resolver não é complicado, mas depende de cada aplicativo: uns permitem que você desative a autenticação em dois fatores e ative novamente no novo celular, mas em outros pode ser necessário você ligar ou passar um email, o que pode demorar um pouco. Por isso a importância de ter desativado antes, principalmente se você tiver urgência para usar o aplicativo.

Bônus: alguns bancos tem um tipo de autenticação em dois fatores, normalmente chamado de token, que atrela algumas informações do celular ao aplicativo. Também precisa desativar antes de trocar de celular.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como aprender a programar

Netflix não mostra ícone de streaming

Google Hacking