O Homem que Calculava

Quem gosta de matemática provavelmente já ouviu falar de um livro chamado O Homem que Calculava, de autoria de Malba Tahan (ou Júlio César de Mello e Souza). 



Atenção: o texto a seguir contém spoilers (sempre quis escrever isso). O livro conta as proezas matemáticas do calculista persa Beremiz Samir durante uma viagem até Bagdá. Onde vira secretário do Grão-Vizir, conhece o Califa e casa-se. Durante a viagem e sua estada em Bagdá, ele resolve diversos problemas (citação da Wikipédia):
  • A divisão dos 35 camelos (cap. 3).
  • O pagamento de 8 pães com 8 moedas (cap. 4).
  • A proporção da quantia devida pelo mercador de jóias (cap. 5).
  • Os quatro quatros - Como obter todos os números de 1 a 100, exceto o 41, com quatro algarismos 4 e as operações fundamentais. (cap. 7).
  • A soma das parcelas da dívida (cap. 7).
  • A divisão dos 21 vasos de vinho (cap. 8).
  • Números perfeitos (cap. 10).
  • A venda de 60 melões por preços diferentes (cap. 12.)
  • O cálculos dos grãos de trigos das casas do tabuleiro de xadrez (cap. 16).
  • A venda das 90 maçãs (cap. 17).
  • O problema dos 3 marujos (cap. 19).
  • A metade do tempo da prisão perpétua (cap. 21).
  • O problema das pérolas do rajá (cap. 23).
  • A fórmula matemática da beleza (cap. 24).
  • As 16 curiosidades numéricas do Alcorão (cap. 26).
  • As raízes quadradas dos números 2025, 3025 e 9801 (cap. 28).
  • A lenda da divisão de 3 por 3 (cap. 30).
  • O enigma dos discos brancos e pretos (cap. 31).
  • As curiosidades do número 40 (cap. 32).
  • O Problema de Delos (cap. 33).
  • A Trissecção do cubo (cap. 33).
  • A Quadratura do círculo (cap. 33).
  • As escravas de olhos pretos e azuis (cap. 34).
  • O curioso número 142857.
Nos anos 80, meu pai procurou o livro por muito tempo até que finalmente conseguiu comprá-lo. Tenho o livro até hoje e de tanto ler a capa acabou caindo e tive que mandar encadernar. Hoje em dia encontramos sites que falam de Malba Tahan como o http://www.malbatahan.com.br/. Além disso podemos ver a obra em diversos locais como aqui (PDF) e aqui (online). E até no YouTube!

Para quem ainda não leu, vale a pena. Só uma recomendação: vicia. Você vai querer ler outras vezes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix não mostra ícone de streaming

Concorrência com GO

Problema ao transferir arquivos grandes via FTP