Postagem em destaque

A incrível velocidade do Go

Imagem
Um dos motivos que gosto do Go (a linguagem de programação, não o jogo), é que ele é extremamente rápido. E não estou falando de utilizar goroutines pois aí é covardia. Estamos migrando um sistema de Coldfusion para Go e PHP e uma das rotinas insere um registro no banco de dados no início e outra no fim do processo. Pense como se fosse um log, mas um log específico para essa rotina. Dessa forma: 2023-05-18 17:45:03. 687     ... [processaImagem] Incorporando imagem 2023-05-18 17:45:03. 688     ... [processaImagem] Imagem incorporada Entre o inicio e o final do processamento levou 1ms. Até aí, tudo bem, se não fosse o fato dessa tabela ter o campo timestamp como parte da chave primária. Se reparar, o tempo é definido em milissegundos. Com o Coldfusion esse processo dura cerca de 20ms. Simplesmente migrando para Go, o tempo caiu muito, para menos de 1ms e assim, começou a dar erro de chave duplicada. A solução? Depende, sempre depende. No nosso contexto, a mais simples foi feita, pois nã

Assistência técnica da coifa

Existem bons técnicos, e existem os não tão bons (vide exemplo: https://www.paradoxofinal.com.br/2016/05/alicate-de-corte-nao-nao-uso.html). Só que agora tive uma surpresa bem ruim.

Na área gourmet tenho uma coifa de ilha, que depois de uma queda de energia, causada durante a vistoria dos bombeiros no meu prédio, não estava mais funcionando. As luzes ficavam piscando a cada 3 ou 4 segundos, e a sucção não ligava. Detalhe: não tinha como desligar a coifa da energia, pois a fiação fica por dentro, no teto de gesso. E não era possível desligar o disjuntor, pois era o mesmo da sala de jantar e estar. O jeito foi ficar com o pisca-pisca ligado.

Liguei para a assistência técnica e 5 dias após a visita do técnico, recebi o orçamento: R$ 560,00 (controle frontal, placa de potência, capacitor e mão de obra). Nem respondi.

Isso foi durante a tarde. Chegando em casa, a noite, desliguei o disjuntor, peguei uma lanterna e fui fuçar na coifa. A primeira coisa que fiz foi desconectar o plugue das lâmpadas, que estavam piscando há uma semana. Logicamente, não consegui consertar nada (mal e mal consegui abrir a coifa). Sem mais o que fazer, fechei tudo, liguei o disjuntor e fui verificar se as lâmpadas estavam desligadas - estavam! Pelo menos isso. Resolvi então, ligar a coifa, e para minha surpresa voltou a funcionar!

Provavelmente um curto na iluminação da coifa estava causando o problema. Não estava presente quando o técnico fez a avaliação, mas com certeza viu as luzes piscando e deveria ter deixado desligado ou me perguntado se devia desligar. Só que nesse caso, como a coifa funciona sem as lâmpadas, eu não faria o "conserto".

Resumo: a coifa está funcionando, sem lâmpada (mas nem faz falta) e eu não acredito mais nessa autorizada. Mais uma.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix não mostra ícone de streaming

Google Hacking

FTP não funciona no PHP