Economia de energia no Galaxy S III

Com meu antigo smartphone, um Motorola Defy com CyanogenMod 7.2 (android 2.3.7), uma vez ou outra eu conseguia ficar sem recarregar o aparelho a noite. Agora com o Galaxy S III, isso ocorre com bem mais frequência. Em parte, pela sua enorme bateria e também por conta de algumas configurações que eu uso. Abaixo eu relaciono as configurações e falo um pouco de cada uma delas.

Desativar o desnecessário. Deixo desativado o WiFi, o Bluetooth e o GPS. Como utilizo muito pouco o Bluetooth e o GPS, eu ativo quando preciso. Já o WiFi, deixo a cargo do JuiceDefender gerenciar (falo sobre isso mais abaixo).

Modo de economia de energia. Essa configurações podem variar para cada versão do Android, mas no Galaxy S III com Android 4.0.4, acesse Configuração > Controle de Energia e marque todas as opções.


Usar um app gerenciador de bateria. Utilizo o JuiceDefender Plus, com perfil personalizado. A versão gratuita também funciona bem, mas tem algumas limitações que julgo importante. Por isso, decidi comprar a versão Plus (acho que paguei uns US$ 2,00). Na tela inicial ele mostra qual é o aumento na vida da sua bateria. No meu caso, mais que dobrou (x 2,13).


Na tela de ajuda, configurei para "ativar depois de destravado" e "forçar reconecção". Como o próprio título da tela fala, é para solução de problemas, portanto, talvez você não precise utilizar isso.


Na tela de Status, além de ativar propriamente o app, também ativei a opção "personalizar" e marquei a notificação como "texto" (essa é totalmente estética).


Agora sim, começam as configurações que vão ajudar na economia de energia. Na tela de Configuração, selecionei as opções:
  • Conexão de Dados. O JuiceDefender ativa/desativa a conexão de dados automaticamente .
  • WiFi. O  JuiceDefender ativa/desativa o WiFi automaticamente.
  • Localidade. Com essa opção ativada, o JuiceDefender irá ativar o WiFi somente quando o smartphone estiver dentro do alcance da rede. E não utiliza o GPS para isso, pois o gasto de energia seria grande.
  • Tabela de horários. Ativa a conectividade apenas na frequência indicada. Configurei a cada 2h. Assim, a cada 2 horas é verificado o email, o twitter, etc.
  • Noite. Desativa a conectivade no período indicado. No meu caso, das 22:00 às 08:00. Neste período, não existe conectividade. Portanto o gasto de bateria é pequeno.

Vale dizer que para as configurações que ativam/desativam o Wifi e a conexão de dados, a prioridade é do usuário. Ou seja, se o WiFi foi ligado porque está dentro da área de alcance da rede e o usuário desligar o WiFi, este só será ligado novamente após o usuário reconectá-lo manualmente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix não mostra ícone de streaming

Concorrência com GO

Problema ao transferir arquivos grandes via FTP