Royal Salute e provolone

Certa vez Huguinho* foi ao apartamento de sua namorada, Lalá, onde ela estava fazendo um trabalho de faculdade com alguns colegas (Huguinho conhecia alguns deles, pois sua irmã estudava junto).

Enquanto terminavam o trabalho, Huguinho foi à cozinha comer alguma coisa, pois sabia que Lalá havia comprado queijo provolone. Apesar de estar uma delícia, faltava alguma coisa. O que combina que queijo provolone? Uísque, é claro! Olhando o bar, Huguinho com seus olhos altamente treinados, logo identificou o seu alvo: uma linda garrafa de Royal Salute. Juntamente com o namorado de sua irmã, abriram a garrafa e começaram a beber.

Meia garrafa mais tarde, Lalá percebeu que Huguinho tinha aberto a garrafa de Royal Salute. O problema é que o uísque não era dela, era de sua tia. Tá certo, seria um problema mesmo se o uísque fosse de Lalá. É lógico que a festa acabou e que Huguinho levou uma bronca de Lalá. Mas Huguinho acalmou Lalá dizendo que iria resolver a situação, que sua tia não perceberia. Em sua mente já sabia o que faria. Os anos de conhecimentos adquiridos nos botecos finalmente valeriam alguma coisa.

No dia seguinte, bem cedo (lá pelas 10:30), Huguinho acordou, passou numa farmácia, comprou uma seringa e voltou ao apartamento de Lalá. Lá chegando, se dirigiu ao bar, pegou uma garrafa de Old Parr, e pacientemente transferiu o conteúdo para a garrafa de Royal Salute.

Dizem que Huguinho ainda tomou mais algumas doses antes de cometer o sacrilégio de misturar Old Parr com Royal Salute, mas ninguém sabe ao certo.

* Huguinho é o mesmo da história da Melancia Atômica.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix não mostra ícone de streaming

Concorrência com GO

Problema ao transferir arquivos grandes via FTP