Não acredite em tudo que ouve

Ontem ao pegar o carro para voltar para casa, fiz o que faço sempre: liguei o rádio para ouvir como estava a situação do trânsito. Logo vem a notícia: "Trânsito intenso na Av. Gustavo Richard". Um esclarecimento: trabalho em Florianópolis, e a Av. Gustavo Richard dá acesso a ponte, na saída da ilha. Depois das 16:30 o normal é esta avenida estar congestionada. Então, em princípio, nenhuma novidade.

O interessante é que eu estava parado num semáforo nessa avenida. Olhei para trás e vi, se muito, uns 10 ou 15 carros. Agora pergunto: o que leva um veículo de informação dar uma notícia dessas? Preguiça?  Falta de informação? Não sei, mas quem sai prejudicado é o ouvinte.

Lembro do que um professor meu de História falava: "Sempre consulte mais de uma fonte.". E é verdade, tanto que o Waze quanto o MapLink não mostravam qualquer sinal de lentidão, quanto mais de congestionamento.

Logicamente o título do post também se aplica a tudo que se lê ou vê.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como aprender a programar

Netflix não mostra ícone de streaming

Google Hacking