Crimes cibernéticos

A onda de ataques a sites governamentais na semana passada, trouxe a tona muita informação, mas das dezenas de artigos que li e assisti não vi nenhum comentar sobre o real problema: que o brasileiro é ignorante.

O país lidera quase todas as listas de crimes, ataques e criação de malware que você puder imaginar. Ora, você pode pensar, o lado bom é que se estamos no topo dessas listas, é porque existem pessoas muito inteligentes por aqui. Em parte sim, mas hoje em dia, qualquer pessoa que tenha acesso a internet pode facilmente baixar um pacote de aplicativos que criam esses tipos de pragas virtuais. 

Concordo, porém, que existem pessoas inteligentes do lado escuro da força (huahuahuahuahaua), ou pelo menos espertas. Isso já ocorre desde que o homem anda para frente. Para cada otário existe um malandro (ou espertalhão) pronto para tentar passar a perna. Antes que reclamem, não quero dizer que pessoas normais não possam ter o micro contaminado. Claro que isso pode ocorrer com qualquer um. Mas, infelizmente, essa é a realidade do nosso povo.

Em suma, o Brasil é o primeiro da lista em crimes cibernéticos porque o brasileiro é burro! Mas, o que se pode esperar de um povo que não sabe ler, escrever ou interpretar um texto? Agora, imagine essas pessoas com um computador na frente. Resultado: além daquelas aberrações que vemos no Orkut, só podia dar nisso mesmo. Facilidade maior os hackers não vão conseguir (e nem precisam).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix não mostra ícone de streaming

Concorrência com GO

Problema ao transferir arquivos grandes via FTP