Mundo globalizado é assim

Atualmente é muito fácil acabar com a vida de alguém, especialmente se for uma figura pública.

Vejamos o exemplo do chefe do FMI, Dominique Strauss-Kahn, acusado de abusar sexualmente de uma camareira. Existiu a denúncia e em poucas horas todo mundo já falava disso. Não sei se é o caso, nem me interessa saber, mas imagine se algum inimigo armou uma cilada para o Strauss-Kahn? Pagou, sei lá, uns U$ 100.000,00 para a camareira falar que foi estuprada.

Agora não tem conversa: mesmo que ele não seja culpado (mais uma vez, não sei se é ou não), a carreira (leia-se, ex-futuro canditado à Presidência da França, nas eleições de 2012) dele sofreu um grande revés.

O fato (a prisão de Strauss-Kahn) já gerou até mesmo incertezas nos mercados da zona do euro

Como disse anteriormente, mundo globalizado é assim, acostume-se.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix não mostra ícone de streaming

Concorrência com GO

Problema ao transferir arquivos grandes via FTP