Artigo 2 - Como comprar um computador

(Publicado originalmente entre 1994/95)

Quando uma pessoa comum decide adquirir um microcomputador, ela se depara com vários anúncios e ofertas que, na maioria das vezes, não lhe esclarece nada - na realidade apenas coloca mais confusão em sua cabeça. Então, qual a solução para esta pessoa, ou melhor dizendo, que passos ela deve seguir para comprar um microcomputador?

Antes de mais nada, é preciso saber o que fazer com o microcomputador: ele vai ser utilizado apenas como o substituto natural da máquina de escrever, vai realizar um controle de estoque e/ou das contas da(s) empresa(s), ou a principal atividade será, por exemplo, a editoração eletrônica, como a confecção de um jornal?

Deve-se também pensar no futuro. A empresa está em plena expansão e logo esse microcomputador não estará mais satisfazendo as necessidades ou o computador adquirido preenche, com sobras, os requisitos mínimos (como memória, velocidade de processamento, capacidade de armazenagem de dados e possilidade de expansão/atualização)?

Esses pontos devem ser levantados e discutidos amplamente com alguém que tenha conhecimento na área, para esclarecer dúvidas, aproveitar sugestões e já começar a pelo menos ter uma idéia do microcomputador que irá adquirir.

É claro que muitos pontos importantes (como a manutenção, a garantia e o preço) não foram mencionados, mas o intuito não é descrever uma fórmula mágica (mesmo porque ela não existe), e sim fornecer subsídios suficientes para que esta pessoa possa comprar um microcomputador compatível com suas necessidades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como aprender a programar

Netflix não mostra ícone de streaming

Google Hacking